Apresentação

Escola de Sociodrama Familiar Sistêmico – ESOFS
Entidade promotora de cursos, atendimentos clínicos, vivências, whorkshops e formação em vários tipos de terapia (familiar, comunitária, mediação,psicodrama), constituída por uma equipe multidisciplinar.

Missão:

Contribuir para o desenvolvimento pessoal e capacitação de profissionais no âmbito das relações humanas, apoiados em um referencial sistêmico sociodramático, visando a resignificação e mudança de valores e a promoção de ações para uma Cultura de Paz.

Objetivos:

Fortalecer as famílias e instituições na aquisição de uma gradual consciência de cidadania que leve a construção de uma paz social
Formar terapeutas familiares visando fortalecer as famílias e instituições na aquisição de uma gradual de consciência e de cidadania que levem à construção de uma paz social.
Contribuir para a expansão do campo de terapeutas sistêmicos e atuação em pesquisas e políticas públicas.
Auxiliar as famílias e casais em suas dificuldades oferecendo-lhes terapia familiar, cursos, workshops e artigos on-line.
Promover formação e promoção de educação continuada a profissionais que atuem na área familiar e comunitária.
Atuar e assessorar a rede pública, Ong’s e Empresas na área das relações humanas e sociais.

Histórico:

A Escola de Sociodrama Familiar Sistêmica foi fundada em 1994 em São Paulo pela Professora Dra. Maria Rita D’Angelo Seixas. 
A Escola de Sociodrama Familiar Sistêmica, continuou com oauxílio deex-alunos, agora professores, em várias cidades do interior.
A partir de sua fundação até agora, a ESOFS formou em terapia familiar:

A UNIFESP formou ainda 2 turmas em Terapia Comunitária.
Fundamos em 1999 por solicitação da primeira turma da ESOFS o Núcleo de Educação Continuada na UNIFESP, para proporcionar encontros e estudos entre os profissionais. Posteriormente, os alunos formados na primeira turma da UNIFESP e profissionais de outras associações de São Paulo, começaram a integrar o núcleo, que existe até hoje na ESOFS.

Locais do curso

Coordenadora Geral:
Professora Dra. Maria Rita D’Angelo Seixas

Outros Cursos


Curso de Especialização em Psicodrama Terapêutico e Aplicado


Curso de Extensão: Terapia Comunitária

Ementa: Ensinar a criar um espaço de diálogo escuta e construção de vínculo, para oferecer apoio a indivíduos e famílias que vivem em situações de estresse. Transmitir as etapas da sessão de Terapia comunitária suas características e objetivos. O papel do terapeuta comunitário. O papel da resiliência na Terapia Comunitária.

Objetivo Geral: Transmitir a importância da formação de grupo, como escudo protetor para os mais fracos, desenvolvendo a autoestima e resiliência de cada um e a criação de uma consciência social.

Objetivos específicos
Valorizar o papel da família e da rede de relações que ela estabelece com seu meio.
Desenvolver uma consciência social necessária para trabalhar em comunidade.
Mostrar a importância do desenvolvimento da autoestima para o empoderamento social da pessoa.

Conteúdo Pragmático:
O que é Terapia Comunitária 
Objetivos da T.C.
Características da T.C.
Papel e perfil do Terapeuta Comunitário.
Conceito de comunidade e a cultura dos excluídos
Relações entre o saber popular e o erudito.

Metodologia de ensino:

Metodologia de avaliação:

Bibliografia básica:
Barreto, A.de P. Terapia Comunitária passo a passo. Fortaleza: Gráfica LCR,2005

Bibliografia Complementar:
Dias, C.J. Jogos Pedagógicos e Histórias de Vida: promovendo a resiliência. São Paulo; Edição Loyola, 2013


Curso de Capacitação de Profissionais – Ampliando Recursos para Trabalhar Com Violência Doméstica


Cursos de Extensão para Terapeutas Familiares


Cursos de Extensão: Comunicação não Violenta


Curso Mediação de Conflitos

Ementa: Estabelecer junto com as partes novos parâmetros de comunicação e relacionamento dos envolvidos, facilitando a eliminação de medos que prejudiquem a tomada de decisões. Fazer compreender que o papel do facilitador é ajudar as pessoas ou grupos envolvidos no conflito a assumirem suas responsabilidades sobre a solução de seus problemas, prevenindo o agravamento da situação. Explicar as etapas do processo de mediação e suas características.

Objetivo geral: Trabalhar com os alunos a diferença entre a mediação e outras formas de resolução de conflitos e as vantagens do processo de mediação, por ser mais participativo.

Objetivos específicos:
Desenvolver alguns conceitos básicos de mediação como: ciclo do conflito, importância da escuta ativa, características do processo
Desenvolver nos alunos a preocupação e a capacidade de escuta ativa.
Entender as diferentes etapas do processo de mediação
Aprender perguntas reflexivas

Conteúdo:
Conceito de mediação e outras formas de resolução de conflitos.
 Características do processo de mediação 
As diferentes etapas deste processo 
A escuta ativa
O papel do mediador ou facilitador
As perguntas reflexivas, nova forma de perguntar.

Metodologia: Aulas teórico/práticas, Role play, exercícios práticos, vivências.

Bibliografia Básica:
Brandão, C. E. de A. Resolução de conflitos: manual de mediadores e agentes da paz Rio de Janeiro: Viva Rio/ Gente que faz a Paz, Edição 2008.

Bibliografia complementar:
Muszkat, M. E. Guia prático de Mediação de Conflitos em famílias e organizações. São Paulo: SummusEditoral, 2008

Sociodrama


Sociodrama Familiar Sistemico.

Ementa:
Transmitir os conceitos básicos e algumas técnicas desta linha psicoterápica que se coloca a serviço da sociometria (estudo das relações interpessoais), na qual o sujeito é o grupo familiar e a preocupação é com o sofrimento da coletividade proveniente das relações pessoais repetitivas e geradoras de histórias consideradas indesejáveis pela própria família.

Objetivo Geral

Objetivos Específicos:

Conteúdo Programático:

Metodologia de ensino:

Metodologia de avaliação:

Bibliografia básica:
Seixas, M.R,Sociodrama Familiar Sistêmico. SP:Aleph, 1992.

Bibliografia complementar:
Betto, Frei. Reinventar a Vida. Petrópolis. Ed. Vozes, 2014.
Moreno, J.L. Psicodrama. São Paulo: Cultrix, 1975
Camila, S. G., Wolf J.R., Castello de Almeida, W. Lições de Psicodrama: Introdução ao pensamento de J.L. Moreno. São Paulo: Ágora, 1988

Terapia familiar e de casal


Curso de especialização em terapia familiar e de casal com ênfase em sociodrama familiar sistêmico.

Ementa:

  • Transmitir os conceitos básicos e técnicas de algumas escolas psicoterápicas que se orientam para o estudo das relações interpessoais familiares, nas quais o sujeito é o grupo familiar e o objetivo é abusca de alternativas para osofrimento da coletividade familiar proveniente das relações pessoais repetitivas e geradoras de histórias consideradas indesejáveis pela própria família.

Objetivo Geral:

  • Capacitar os alunos para em conjunto com a família, encontrar alternativas para a realidade considerada indesejável pela própria família

Objetivos Específicos:

  • Transmitir técnicas para liberar a espontaneidade criativa dos familiares.
  • Redescobrir pela dramatização novas formas relacionais consideradas mais adequadas pela família.

Conteúdo programático:

  • A história da família
  • A diversidade da família contemporânea
  • Desenvolvimento do pensamento sistêmico 
  • Diferentes modelos de Terapia Familiar 
  • Sociodrama Familiar Sistêmico
  • Terapia de Casal
  • Famílias Especiais

Módulo Prático:

  • Atendimento Supervisionado de famílias
  • Metodologia de Pesquisa 
  • Supervisão de casos
  • Trabalho com família atual e de origem do Terapeuta FOFAT

Metodologia:

  • Leitura de textos; aulas práticas, role playing; discussão de textos, vídeos e filmes; seminários; supervisão em sala de espelho de atendimento em co-terapia; vivências

Público Alvo:

  • Profissionais de nível superior das áreas de saúde e terapeutas familiares.
    Duração: 6 meses

Contato


Endereço


Rua Primeiro de Março, 77 - Vila Clementino

Telefone


Phone: 11 3813-4227

Email


ritaseixas@uol.com.br ou cidasos@uol.com.br